Meu querido, realmente tu és como a minha alma gémea. E sabes o que aprendi sobre as almas gémeas? Elas vêm para revelar o pior de nós, e depois, vão embora. Vão com o vento ou com as marés, não sei bem. E tu foste exactamente isso: alguém que revelou o pior de mim. Tu és a pessoa certa para mim. Aquele que gosta do mesmo tipo de música, de leitura e de passeios. Aquele que pensa tal e qual como eu. Mas eu não preciso disso, meu querido. Não preciso, da "pessoa certa". Acho que estou na busca pela pessoa "errada". Aquele que vai argumentar comigo, que me vai fazer pensar duas vezes, e que me obrigue a serões realmente aborrecidos para mim. É, meu amor. Eu não quero a minha alma gémea. Não quero que ela se vá embora. Quero conhecer sim o meu oposto. Aquele que irá contracenar com a minha outra face. Quero que ele seja o meu maior erro. E quero pensar: "é com este erro, que quero passar a minha vida". Só isto.

10 comentários:

  1. :) é bom saber que estás ai *
    Borboleta, alma gemea só há uma na vida, e essa pessoa é aquela que mais nos faz crescer, aprender e viver.

    ResponderEliminar
  2. sem duvida pequena , sem duvida |:

    mas és forte, eu sei . enquanto minha borboleta, tens asas para voar e mundos para descobrir <3

    ResponderEliminar
  3. Mundos, arco-iris, bolas de sabao....temos tudo por descobrir *

    ResponderEliminar
  4. linda borboleta *-*

    quero-te bem, sim?

    ResponderEliminar
  5. que bom *-* borboleta, nunca deixes de voar :$

    ResponderEliminar
  6. nunca, prometo*
    pois é, o problema é quando a dor demora a passar

    ResponderEliminar
  7. muito obrigada querida.
    este texto está lindoo (;

    ResponderEliminar

Deixem as vossas opiniões :)