Lembras-te de quando começaram a falar? Lembras-te de como era era fácil roubar-lhe sorrisos e de como corava quando a elogiavas? Lembras-te de como a gargalhada dela era cheia e de como os olhos lhe brilhavam ao dizeres-lhe que ela era o teu mundo? Lembraste quando lhe disseste que era para sempre, e ela pediu-te uma promessa de mindinho? E tu fizeste-lhe a vontade. Oh, ela atirou-se para os teus braços e para a tua boca. Selaram a promessa com um beijo. E para ela? Aquilo era para a vida. Como um pacto. É, ela era assim: cheia de sentimentos à flor da pele e de emoções fortes. Era ingénua e apaixonada.
Lembras-te dos primeiros sinais de quando ela estava magoada? Fechava-se em si própria e restringia-se ao silêncio. E lembraste quando explodia? Oh, era feio de se ver. Ela era assim: um misto de emoções sem controlo.
Não sabes quantas vezes ela suspirava por ti, nem do quanto te estava a amar em segredo. Tu eras o mundo dela. O mundo mais bonito onde ela alguma vez já tinha posto os pés.  E ela? Teria dado tudo por esse mesmo mundo. Teria dado música e cor. Teria dado dias de sol e manhãs quentes. Estaria disposta a abdicar de tudo: do seu  mundo, do seu canto e da sua própria felicidade. E ele? Ele tinha o espaço tão bem contado. Ele, que no seu mundo era tão livre. Ele que não conhecia limites nem correntes. Ele que não conhecia o amor nem as proporções de tamanho sentimento. Ele que nunca se tinha deixado ir na doce melodia do amor. Ele que nunca tinha ido corrente nem nos remoinhos da paixão. E ela? Oh, ela prometeu embala-lo nas noites que passavam juntos. Comprometeu-se a ensinar-lhe todos os acordes e as notas desse mesmo amor.
Ela chamava-o de lago. Desses de águas paradas. Já ele, chamava-a de furacão. Um desses que leva tudo atrás. Ele que lhe jurava a pés juntos que ela lhe tinha roubado o coração. Que lhe tinha entrado pelo peito a dentro e roubado tudo de bom. Tudo o que tinha. E no final? No final, foi ele que a deixou sem nada. Sem mundo, sem amor, sem coração. Sem música e sem cor. Sem montra. Sozinha. Sem notas para tocar. Sem instrumento. Sem água. Sem nada. 
Foste tu. Foste tu que lhe levaste o coração e a inocência do primeiro amor. Foste tu que deste asas a esse teu mundo tão frio e partiste sem ela. Levaste contigo o amor que sentia por ti. Levaste-lhe o coração, os segredos e a promessa do para sempre ao teu lado. Apenas lhe deixaste os medos, as recordações e lembranças e um coração partido.
Que é feito dela? Não sei. Sei que ela tinha afiado as facas. Reforçado a armadura e o peito. Foi à luta, pelo que ouvi dizer. Trouxe com ela tantas cicatrizes quanto pôde. Trouxe o coração desfeito e a cara lavada em lágrimas. Passou por bosques, ruas escuras e castelos. Fechou o coração. Fechou-o a príncipes e princesas. Fechou a todo e qualquer tipo de sentimento. Deixou de rir e a gargalhada já não é cheia de sentimento. É fraca e baixa. Tal como lhe deixaste as defesas.
Ela já não pede promessas nem mundos. E agora? Agora já não cai em teias de amor. Não se deixa enganar por caras bonitas nem por conversas demasiado longas. Agora tem os pés bem assentes no chão. Mas sabes? Foi contigo que ela aprendeu voar. Continua um furacão. Quando entra no coração de alguém ainda sabe trazer a tona o lado bom das pessoas. Mas parte. Sem aviso, sem hora e sem despedida. Tal como tu.
Hoje, ela não sabe mais amar. Foi tanto tempo no campo de batalha, que ela perdeu a perícia. Apenas sabe dar uso ao escudo. Esse que tanto a protegeu. Esse a que tem vindo todos os dias a dar uso.

102 comentários:

  1. Então sê querida, não percas tanto tempo com coisas sem importância.

    ResponderEliminar
  2. Ela podia estar mal ou algo do género. Não sei. Mas de certeza que ele tem uma explicação.

    ResponderEliminar
  3. Os rapazes são muito complicados e por vezes, fazem coisas que nem eles sabem bem o que estão a fazer. E isso de ela se fazer muito a ele não tem nada a ver com este assunto, ela pode ter precisado ou usado algum argumento para o levar até lá, mas não sabes o que aconteceu. Estás é com medo e insegurança porque gostas dele e não suportas a ideia de que uma 'miúda' to possa roubar mesmo antes de o teres. Por isso te digo, avança, diz-lhe tudo, antes que o que tanto temes aconteça.
    Este texto está lindo *

    ResponderEliminar
  4. Oh, por amor de deus, vais mesmo ligar aos outros ? Eles são mesmo assim, tanto sabem o que querem e amam perdidamente como no instante seguinte não sabem absolutamente nada. Ele tem 18 anos ?

    ResponderEliminar
  5. É alguma diferença mas sinceramente, acho que é irrelevante... Devias dizer-lhe de uma vez o que sentes. Ele já tem idade para saber lidar com isto e ter alguma consciência das coisas.

    ResponderEliminar
  6. Talvez se esteja a fazer de desentendido só para te ver lutar por ele.

    ResponderEliminar
  7. Que texto lindo, cheio de sentimento e tão bem escrito.
    Eu tenho andado melhor Marisa. Mas olha, eu também quero que tu fiques bem. E já sabes que podes contar comigo querida, podes deixar o escudo em casa :)

    ResponderEliminar
  8. "Hoje, ela não sabe mais amar." -> Será que existe uma forma para perceber se de facto sabemos amar? Acho que não, por isso não podes dizer que sabes ou não amar.

    ResponderEliminar
  9. Ai , ele é um fofo mesmo *-*
    Eu sei, deves ter ficado :s

    ResponderEliminar
  10. reforçou a armadura e o peito e foi a luta....

    ResponderEliminar
  11. Porque não lhe contas tudo o que estás a sentir? :/

    ResponderEliminar
  12. Talvez não seja. Tenta dizer-lhe directamente.

    ResponderEliminar
  13. Quando chegar a hora "h", saberás :)

    ResponderEliminar
  14. Eu não estou bem nem mal, estou desligada dos sentimentos.

    ResponderEliminar
  15. Mas no que toca desilusões já não se pode dizer o mesmo...

    ResponderEliminar
  16. adorei o teu blog e os teus textos, sigo c todo o gosto linda :)
    e prometo vir visitar o blog várias vezes, adoro o q escreves, parabéns*

    ResponderEliminar
  17. obrigada princesa, fico mesmo feliz p saber :))

    ResponderEliminar
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  19. Tens razão, há sempre algo a perder mas perdes mais se não tentares.

    ResponderEliminar
  20. Oh, não tens nada que agradecer querida.
    Aos poucos tens de melhorar, não é bom andar sempre com ele completamente activado.
    Eu pra muita gente também uso, mas para outras não. Depende da forma como agem comigo.

    ResponderEliminar
  21. mas corou completamente ? :))
    tives-te sorte que estivesses partido , porque rachado é pior para curar ..

    ResponderEliminar
  22. E vais deixa-lo ir-se embora sem antes tentares?

    ResponderEliminar
  23. Quero ajudar-te mas nem sei bem como. Eu acho que devias falar directamente com ele. É bem melhor do que estares sempre assim, na incerteza.

    ResponderEliminar
  24. Então eu acho que está na altura de decidirem.

    ResponderEliminar
  25. ai , rapariga . :o pelo menos andas-te de moletas , não ? :x

    ResponderEliminar
  26. E depois dessa queda será mais difícil derrubar-nos

    ResponderEliminar
  27. uau, adorei! a cada parágrafo dá para formar uma imagem do texto, está lindo :)

    ResponderEliminar
  28. Oh, estamos chateados. Mas obrigada :)
    Oh tem calma, tenta falar com ele!

    ResponderEliminar
  29. Ya. Fiz asneira, desconfiei dele não deixei que ele se explicasse e fiquei a tarde toda amuada, e aproveita cada momento para lhe mandar bocas, na beira do resto do pessoal.
    Precisas mesmo falar com ele.

    ResponderEliminar
  30. Mais ou menos :c
    Eu sei, mas está na hora de lhe contares tudo.

    ResponderEliminar
  31. Tem a sua razão de ser. Como te digo, isso só se melhora aos poucos. Mas tu vais que um dia encontras uma pessoa que vai quebrar com esse escudo forte, e essa será uma pessoa certa.

    ResponderEliminar
  32. os amigos dele já te contam o que ele faz? :O
    ele não tocou nem te falou disso?

    ResponderEliminar
  33. obrigado querida, sei que sim q posso sempre contar cntg apesar de sermos meras seguidoras uma da outra. muito obrigado mesmo :)

    ResponderEliminar
  34. á pronto.
    mas porque não tentas arranjar maneira de chegar a isso para ver se ele te conta?
    ou então deixas. e segues a VOSSA vida. pode ser até so mesmo uma amiga dele.

    ResponderEliminar
  35. Tenho sim, até parece que já não sabes :)

    ResponderEliminar
  36. oh que querida marisa, obrigada, a serio! quando tiver mais tempo post mais textinhas assim zx

    ResponderEliminar
  37. ah pois.
    eu também ficaria no teu lugar. :s

    ResponderEliminar
  38. Hum... acho que te lembras, bem até :b

    ResponderEliminar
  39. oh muito obrigada +.+ vou tentar postar esta semana entao :)

    ResponderEliminar
  40. eu também gosto muito dos teus Marisa, e sem dúvida que as imagens também são muito boas zx

    ResponderEliminar
  41. Mesmo, fogo. Anda sempre tudo de pernas para o ar -.-

    ResponderEliminar
  42. Oh, é mesmo assunto. Ando tão confusa :s

    ResponderEliminar
  43. é um grande defeito deles.
    ficam com ciumes, mas não deixam nós ficarmos com ciumes...LOL? já agora --'

    ResponderEliminar
  44. Como é que soubeste disso? E que lhe disseste quando soubeste?

    ResponderEliminar
  45. depois era uma complicação , acredita . :)

    ResponderEliminar
  46. às vezes também é preciso picá-los um bocadinho. para ver se abrem a pestana.
    não estamos na época do "só eles é que podem"
    essa já passou. nós também podemos fazer o que eles nos fazem. --'

    ResponderEliminar
  47. exactamente. palavras só não chegam!

    ResponderEliminar
  48. Não sei se continue a tentar não pensar em quando espero que uma certa pessoa venha me procurar ou se vá eu atrás dessa pessoa :/

    ResponderEliminar
  49. tenho de agradecer sim, excusado é dizer que também podes contar sempre comigo, querida :)

    ResponderEliminar
  50. é mesmo bom sabermos que podemos contar uma com a outra ;)

    ResponderEliminar
  51. Normalmente as pessoas valem sempre a pena para nós, o pior é quando nós não valemos a pena para elas :(

    ResponderEliminar
  52. Pois, nisso é que eu já não me acredito.

    ResponderEliminar
  53. mas falava bem contigo (enquanto sozinhos) ?

    ResponderEliminar
  54. Estamos a 000000000000000000000000000000000000000000000% de ficar bem!
    As coisas estão muito más, estamos chateados. Acho que é de vez, ele desiludiu-me muito estes últimos dias. :s

    ResponderEliminar

Deixem as vossas opiniões :)